Qual é a diferença entre joia, semijoia e bijuteria?

Você sabe qual é a diferença entre joia e bijuteria? E a semijoia? Ela é mesmo mais “importante”? Descubra agora detalhes acerca dos três tipos de acessórios e aproveite o melhor de cada um para ficar ainda mais estilosa no dia a dia!

Aqui na Hiroshima Catálogos oferecemos uma grande variedade de semijoias folhadas a outro e prata para adultos e crianças. Veja aqui nosso portfólio de semijóias para comprar. Se você tem interesse em renda extra revendendo semijoias, torne-se uma revendedora.

Qual é a diferença entre joia, semijoia e bijuteria? 1
Semijoia Hiroshima para comprar e revender.

Joia x Semijoia x Bijuteria

Você pode querer primeiro estudar as diferenças entre três categorias diferentes de joias. A linha entre eles é tênue, mas entender a distinção pode ajudá-lo a fazer a escolha certa.

O que é uma joia?

Sem exceção, a joia é sempre uma peça confeccionada com matéria-prima nobre e retirada da natureza, por exemplo: ouro, diamante, esmeralda, entre outras chamadas “pedras preciosas”. A partir do estado “bruto” dessas pedras, começa um processo minucioso de lapidação.

As joias são projetadas para durar por gerações e precisam atender a padrões muito mais rigorosos do que as joias da moda.

Porque são feitas para durar e com metais e pedras preciosas, as joias são significativamente mais caras. Em vez disso, considere isso um investimento. Você está investindo em uma peça que você – e seus descendentes – podem usar por anos e anos.

As joias finas são sempre estampadas com uma marca que denota a pureza do metal. Por exemplo?

  • Prata – 925 ou .925
  • Ouro – K, com um número que marca a porcentagem de ouro no metal. Esse número ficará entre 10 e 24, sendo 24 o mais alto: 99,9% puro.
  • Paládio – PALL ou PD
  • Platina – A palavra “platina” ao lado de um número que indica pureza 950 significaria que a peça era 95% pura.

O que é uma semijoia?

A semijoia é produzida com pedras naturais simples – como o quartzo, em todas as cores. Com isso ela ganha uma atmosfera mais requintada porque é revestida – ou banhada – por uma matéria-prima nobre, como o ouro. Por isso dizemos, por exemplo, “anel banhado a ouro”.

Pense nisso como a ponte entre joias finas e joias da moda. Essas peças são tipicamente folheadas a ouro, ou feitas com ouro vermeil (uma versão mais grossa do chapeamento de ouro) ou preenchimento de ouro. Se houver gemas incluídas, serão pedras como água-marinha, morganita ou opala.

Em outras palavras, a peça não é de ouro totalmente, mas ganha um revestimento de ouro, que a torna não só mais bonita, mas também mais resistente.

Ainda assim, essa joia nunca deve ser usada na piscina, no chuveiro ou durante o sono ou o exercício, pois a água e os óleos podem causar a deterioração da placa de ouro.

Qual é a diferença entre joia, semijoia e bijuteria? 2
Semijoias folhadas a ouro e prata.

Vantagens da semijoia

  • É uma das opções de joias mais baratas do mercado
  • Favorece estilos modernos sobre designs tradicionais
  • É construído para durar enquanto é usado por curtos períodos, mas não por longos períodos
  • É ideal para quem procura um salto de bijuterias, mas ainda não pode comprar semi ou joias finas
  • Menos propenso a irritar a pele sensível
  • Desaparece menos rapidamente do que bijuterias com os devidos cuidados
  • Muitas vezes é feito com pedras naturais

O que é uma bijuteria?

Esse é um termo que nos vem dos departamentos de adereços de teatro da década de 1930. Os figurinistas precisavam dar aos atores uma aparência elegante sem ter que se preocupar com peças caras sendo perdidas, roubadas ou danificadas.

As bijuterias são feitas de cobre, níquel, latão, alumínio e outros metais básicos, e geralmente são galvanizadas com um metal mais precioso. Também é feito o uso de resinas, courinho a tecidos como lã, renda, camurça. Pode ser adornada com pingentes que também costumam ser simples, como metal, alumínio, zircônias, etc.

Bijuteria não é sinônimo de baixa qualidade, mas muitas vezes são apenas peças de moda, ou seja, são adornos feitos apenas para a temporada que depois saem de moda.

Como comumente são feitas com materiais mais acessíveis, normalmente bijuterias são mais baratas. Também há um grande mercado de bijuterias de baixo custo. Você deve ter muita atenção, pois frequentemente elas podem gerar reações alérgicas, especialmente em crianças.

Vantagens das bijuterias

  • São mais baratas e duram menos tempo
  • Ideais para looks mais casuais

Semijoia ou bijuteria?

Numa produção de moda, há lugar para todos os tipos de acessórios: joias, semijoias e bijuterias. Não há nenhum problema com qualquer uma delas. A beleza de cada uma ressalta determinado tipo de look. No caso das joias, elas costumam mesmo ser mais usadas em ocasiões mais formais, como casamento e formatura.

Mas tudo bem se você não tiver uma joia. Pode usar uma semijoia, sim! Ela incrementa vestidos, conjuntos, valorizam o colo, o pescoço e as mãos, dando aquele toque de charme final ao seu estilo de todo dia. Há semijoias de vários estilos: clássicas, arrojadas, fashionistas, chiques, discretas, exuberantes e até chocantes! E você também pode fazer um mix de estilos.

Comprar e revender semijoias

Agora sabendo a principal diferença entre semijoia e bijuteria, você pode aproveitar o melhor de cada uma em todas as situações. E conte com a Hiroshima para isso adquirir os mais lindos modelos!

E já pensou em ser uma Revendedora Hiroshima e oferecer para suas clientes lindas semijoias do catálogo L’Arc em Ciel? Suas clientes vão adorar!

E você pode se cadastrar clicando no link abaixo. Os catálogos são grátis, não precisa de investimento inicial e você ainda garante uma renda extra!

Qual é a diferença entre joia, semijoia e bijuteria? 7

Torne-se uma revendedora

Para começar a revender catálogos pelo aplicativo e revista, basta preencher o formulário.

É simples, rápido e grátis.